mundopiscina

Dicas e informações sobre os tipos de piscinas

Como reformar uma piscina

Infiltrações e vazamentos são corriqueiros após alguns anos de utilização de uma piscina. Porém, mantê-la em bom estado para o uso da família é fundamental. A reforma de piscinas, sempre feita por um profissional, é realizada de acordo com cada necessidade.

Se a fibra está desbotada, lixar a piscina para deixar a superfície lisa é o primeiro passo. Na sequência é preciso polir e, por fim, aplicar a tinta para azulejo. Se o motivo da reforma de piscinas for a troca do próprio azulejo, é necessário substituir o material antigo e refazer a impermeabilização primeiramente para, depois, aplicar o novo.

Outro motivo constante de reforma são as infiltrações e rachaduras, causadas pelo recalque, que desloca a estrutura da piscina. Para solucionar este problema deve-se tratar a fissura.

As trocas de materiais são constantes. Um dos maiores motivos de reforma de piscinas de concreto armado e alvenaria estrutural é a troca de rejunte. Esta troca deve ser realizada com uma ferramenta especial para abertura das juntas com rejunte para durar mais. Outra troca corriqueira é a de vinil, que, para realizá-la é necessário esvaziar a piscina antes de aplicar um novo. Por fim, uma grande reforma é mudar o tipo de piscina e, para isso, é preciso alterar o revestimento.

Com tudo reformado, basta aproveitar a piscina e a diversão.

Anúncios
Deixe um comentário »

Uma ducha antes de um mergulho na piscina

Ducha para piscinaSuor, queda de cabelo, sujeira no corpo e cosméticos em geral (creme hidratante, bronzeador, protetor solar, etc.), são as principais substâncias que podem contribuir para contaminar a água de uma piscina. Para amenizar essas impurezas, nada melhor do que tomar uma boa chuveirada antes, ou depois, de dar um mergulho. Por isso, um dos principais equipamentos para piscina são os chuveiros. Além de serem essenciais para se refrescar num dia ensolarado de verão, as duchas para piscina ainda contribuem para dar um charme ao projeto paisagístico nessa área de lazer.

Criar uma área útil em casa não é uma tarefa difícil. Porém, mesmo que a manutenção seja pequena, alguns cuidados precisam ser tomados na instalação desse equipamento. É recomendável que a ducha esteja próxima ao espelho d’água e tenha um tamanho adequado para o ambiente. Outro ponto que deve ser observado é a localização, que, de preferência, deve ser realizada em uma área que não atrapalhe a circulação do ambiente e que seja de fácil acesso para os banhistas. Por fim, o local para a colocação do ralo no chão deve evitar que os banhistas pisem sobre ele (um simples deque de madeira sobre o gramado dispensa a instalação do ralo para o escoamento da água).

Existem dois tipos mais populares, e utilizados, de duchas para piscina: as cascatas e as circulares. As tradicionais Duchas Cascatas são ideais para serem instaladas em áreas externas (varanda, quintal), áreas localizadas próximas à piscina, e também em saunas. Já as Duchas Circulares foram desenvolvidas para tornar o banho mais relaxante, já que libera jatos d’água que saem através dos 3 ou 4 arcos laterais.

Deixe um comentário »

Grades para piscinas: indispensável para a segurança de todos

Para todos aqueles que têm uma piscina e que contam com uma área de lazer frequentada por crianças, as grades para piscinas são acessórios fundamentais. Elas são capazes de evitar acidentes domésticos envolvendo meninos e meninas, além de impedir, por exemplo, que animais de estimação entrem indesejadamente na área da piscina.

Grades para Piscinas

Se a sua piscina está em um setor mais comercial, como clubes e hotéis, a instalação de grades é item obrigatório, ainda mais se você não dispõe de serviço de socorrista. Atualmente, é possível encontrá-las em vários modelos e materiais. A mais comum e mais acessível são os modelos com cerca de arame. Entretanto, você pode aproveitar a instalação das grades para piscina para dar um toque de estilo a mais, optando por modelos que encaixem com o estilo da sua área de lazer.

Se você procura grades para piscinas em Rio de Janeiro, por exemplo, encontrará modelos pré-fabricados e alguns feitos à medida para o seu espaço e gosto. Há cercas em PCV, aço, algumas opções em concreto, latão, isso sem contar a madeira. Para garantir uma escolha adequada para o seu espaço e o seu bolso, é preciso comparar as características de cada uma e determinar a melhor relação de custo-benefício para a sua piscina.

As grades de madeira casam perfeitamente para aqueles que dispõem de uma piscina com deck no mesmo material. O custo desse tipo de cerca é mais alto, porém é uma opção mais estética. Quem deseja optar por esse material, entretanto, deve estar seguro de adquirir uma grade tratada, que aguente a ação da chuva e do sol. Caso contrário, a durabilidade não será compensatória.

As grades feitas em PVC são de fácil higienização, práticas e uma excelente opção para quem não está disposto a investir muito nesse tipo de acessório. Uma das principais vantagens é o fato de dispensarem pinturas frequentes, já que esse tipo de material resiste bem às intempéries.  As grades de aço, por sua vez, são muito mais resistentes. Entretanto, o proprietário terá que pensar em pinturas e cuidados periódicos.

grades piscinas

 Entre em contato com as lojas especializadas e peça informações adicionais e consulte preços. Só assim poderá decidir, com propriedade, o melhor para a sua piscina.

Deixe um comentário »